BelaVistaMS
Política

29/09/2017 - 13h24

Política

Juiz Odilon de Oliveira deve ministrar palestra em Costa Rica, após receber convite do presidente da Câmara

Ademilson Lopes

A Semana Municipal de Combate às Drogas é um evento promovido pelo Conselho Municipal

O presidente da Câmara Municipal de Costa Rica-MS, vereador Lucas Lázaro Gerolomo (PSB) e o vereador Jovenaldo Francisco dos Santos, o Juvenal da Farmácia (PSB), se reuniram com o juiz federal Odilon de Oliveira, na quarta-feira (27/09). O encontro aconteceu no gabinete do magistrado, na sede da Justiça Federal de Campo Grande-MS.

Lucas e Juvenal aproveitaram a ocasião para discutir com o juiz federal, de forma bastante aberta, assuntos envolvendo o cenário político nacional e estadual. Além disso, durante a reunião, o presidente da Câmara convidou Odilon para ministrar uma palestra em Costa Rica, durante a Semana Municipal de Combate às Drogas, que deve ocorrer até o final do mês de outubro, em data ainda não definida.

“Tivemos uma conversa muita produtiva com o Odilon, e o juiz firmou compromisso de estar em Costa Rica para ministrar essa palestra. Tudo depende agora da assessoria dele fechar a agenda, mas já está bastante adiantado. Será muito bom contar com a presença do juiz Odilon, figura jurídica reconhecida nacionalmente, que muito irá contribuir expondo o seu conhecimento para a nossa população e nos ajudando a enfrentar as drogas no município”, explica Lucas Gerolomo.

A Semana Municipal de Combate às Drogas é um evento promovido pelo Conselho Municipal Antidrogas de Costa Rica (Comad), que e em 2017 chega a sua terceira edição. De acordo com a Secretária Executiva dos Conselhos Municipais, Soliane Anacleto, o Comad aguarda a definição da disponibilidade de agenda do juiz Odilon, para decidir as datas de realização da Semana de Combate às Drogas.

“A gente sabe que o vereador Lucas está fazendo essa negociação com o Odilon de Oliveira e agora nós só precisamos saber quando ele (juiz) terá agenda para vir até Costa Rica ministrar a palestra. Então, nós decidimos que vamos definir a programação da Semana Municipal de Combate às Drogas a partir da posição do Odilon. Se ele puder vir na última semana de outubro, então faremos o evento na última semana de outubro”, esclareceu Soliane.

Ainda conforme a Secretária Executiva, o certo mesmo é que a Semana Municipal de Combate às Drogas deve acontecer mesmo dentro do mês de outubro, obedecendo ao planejamento inicial do Comad.

Odilon de Oliveira possui 68 anos e é juiz federal, famoso por atuar no combate ao crime organizado na região de fronteira com o Paraguai. Ficou nacionalmente conhecido por prender traficantes de drogas da região onde atua como magistrado. Vive sob forte escolta de policiais federais e atua na Justiça Federal de Campo Grande.







Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

TCE abre inscrições para curso direcionado aos profissionais do SUS

Direcionado aos profissionais atuantes da rede do Sistema Único de Saúde, prioritariamente aos vinculados ao Conselho Estadual e Municipal de Saúde, o objetivo do curso é capacitar conselheiros da saúde

Projeto E-EXTRATOR do TCE-MS é destaque em Congresso Nacional de Tribunais de Contas

Para o presidente do TCE-MS, conselheiro Waldir Neves, a participação nesse Congresso é muito importante para a troca de informações e conhecimento.

Governo cede a pressão, mas reduz pela metade socorro financeiro aos municípios

O montante de R$ 2 bi, no entanto, é inferior ao calculado pela CNM, que previa, por exemplo, repasse de R$ 58,720 milhões para MS.

Prefeitos definem estratégia de atuação durante mobilização em Brasília

A ideia é pressionar o governo central a liberar verbas adicionais às prefeituras brasileiras

Assomasul pode apoio à bancada federal para aprovação da pauta municipalista

Incluindo a fraca distribuição das transferências constitucionais, como o FPM, os prefeitos se queixam que a União não está honrando seus compromissos com os programas sociais

Paulo Corrêa entrega relatório da CPI da JBS ao presidente Junior Mochi

A suspensão também foi um pedido da CPI após a conclusão dos trabalhos e ficará mantida até que a Sefaz conclua a auditoria interna

Executivo e Legislativo discutem processos de melhoria

E para concretizar esse estreitamento de relação entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Consultoria Legislativa (Conleg/Segov) e Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJR)

Solidariedade Mulher reúne militantes em Campo Grande

Martins disse esperar que o SD seja realmente um partido diferente também em relação a luta feminina

Por verbas adicionais, prefeitos vão a Brasília em nova mobilização nacional

Pelos cálculos da CNM, as 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul terão direito a R$ 58,720 milhões





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb