BelaVistaMS
Política

13/07/2017 - 15h33

Política

Governo investe mais de R$ 104 milhões e constrói 90 pontes em Mato Grosso do Sul

Bruno Chaves - Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Campo Grande (MS) – Na primeira reportagem da série especial sobre pontes em Mato Grosso do Sul, o Portal MS revela os investimentos totais nesse tipo de empreendimento. Mais de R$ 104 milhões garantem a construção de 90 pontes de concreto em 39 municípios de Mato Grosso do Sul. Alternativas de transporte e produção, as obras beneficiam diretamente 773 mil pessoas (IBGE). “Significam desenvolvimento, progresso e, principalmente, integração entre os municípios”, afirma o governador Reinaldo Azambuja.

Dos 90 projetos de pontes idealizados pelo Governo do Estado, 31 já foram concluídos, 21 estão em execução e 38 passam por processo de licitação, conforme dados da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul). Do total de recursos previstos, R$ 20,7 milhões estão garantidos pela União, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. Os recursos federais são destinados para 38 pontes em 17 cidades.

Histórico

Os investimentos maciços do Governo em pontes de concreto tiveram início com reparos emergenciais em dezenas de estruturas danificadas pelas chuvas que atingiram o Estado no verão de 2015/2016. Ao iniciar a reconstrução, a Agesul teve como norte a substituição de pontes de madeira por travessias de concreto. Ao optar pelo modelo reforçado e tecnicamente recomendado, o objetivo era dar mais segurança e qualidade ao usuário.

“Todas as pontes que estamos fazendo estão sendo realizadas com projetos executivos para garantir a qualidade e o bom emprego do dinheiro público”, afirma o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli. Segundo ele, a substituição das estruturas ainda contribui para a expansão da infraestrutura e logística de Mato Grosso do Sul, além de gerar menos gastos para o poder público com manutenção.

O governador também destacou a qualidade dos projetos das pontes e garantiu que as novas edificações “vão perdurar por anos”. Conforme Reinaldo Azambuja, nunca se investiu tanto na construção de pontes de concreto na história do Estado. “Vamos totalizar o maior número de pontes de concreto já construídas desde a criação de Mato Grosso do Sul (1977)”, observa.

Novas pontes

As 31 pontes já construídas e entregues à população somam investimentos de R$ 29,3 milhões e ficam nos municípios de Amambai (3), Anastácio (1), Aral Moreira (1), Bela Vista (2), Costa Rica (1), Deodápolis (4), Guia Lopes da Laguna (3), Iguatemi (4), Juti (1), Maracaju (1), Naviraí (1), Novo Horizonte do Sul (1), Paranhos (3), Porto Murtinho (1), Rio Verde de Mato Grosso (2) e Tacuru (2).

Outras 21 travessias de concreto são levantadas nas cidades de Amambai (1), Caarapó (1), Coronel Sapucaia (1), Dois Irmãos do Buriti (1), Guia Lopes da Laguna (1), Iguatemi (1), Ivinhema (2), Japorã (1), Jateí (2), Juti (1), Novo Horizonte do Sul (1), Paranhos (1), Porto Murtinho (1), Rio Brilhante (2), Sete Quedas (2) e Tacuru (2). Nesses projetos são aplicados R$ 26,9 milhões.

Há ainda 38 processos licitatórios abertos para a construção de passagens em Amambai (3), Anastácio (1), Aquidauana (1), Batayporã (1), Bela Vista (4), Bodoquena (2), Camapuã (1), Cassilândia (2), Corguinho (1), Coronel Sapucaia (3), Dois Irmãos do Buriti (1), Eldorado (2), Glória de Dourados (1), Jardim (1), Jateí (3), Laguna Carapã (1), Maracaju (1), Naviraí (1), Nioaque (1), Novo Horizonte do Sul (1), Paraíso das Águas (1), Paranaíba (1), Ponta Porã (1), Porto Murtinho (1), Rio Negro (1) e Rio Verde de Mato Grosso (1). Nessas obras, a estimativa é aplicar R$ 47,6 milhões.

Galeria Galeria de Imagens






Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

Por verbas adicionais, prefeitos vão a Brasília em nova mobilização nacional

Pelos cálculos da CNM, as 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul terão direito a R$ 58,720 milhões

Mais Médicos deve ser prorrogado por três anos, prevê ministro da Saúde

O programa foi criado para suprir a falta de médicos em regiões pobres

Palestra de prevenção ao câncer de mama encerra campanha Outubro Rosa no TCE-MS

Além da palestra que abordou sobre a importância da prevenção e da luta contra o câncer de mama

Vereadores reclamam de demora no atendimento de costarriquenses que precisam de tratamento na capital

O assunto veio à tona e a indicação foi apresentada na sessão plenária realizada na noite de sexta-feira

TCE inaugura memorial histórico nos 40 anos de MS

Desde a criação, em 24 de março de 1980, data da primeira sessão do Tribunal, os membros da Corte contribuíram para a construção da história

Negociatas de Temer funcionam novamente

Para o deputado Dagoberto Nogueira (PDT), autorizar as investigações era obrigação dos parlamentares

Edinho Carvalho participa de encontro com presidentes de Câmaras para discutir crise na Saúde de Aquidauana

As dificuldades encontradas pelos administradores hospitalares em manter o funcionamento das unidades de saúde

Zé Teixeira reitera pedido de recapeamento em trecho da MS-379

Para o democrata, o atendimento ao pedido oferecerá mais tranquilidade aos moradores da região e usuários da rodovia, atenderá também aos anseios dos produtores rurais da região

ITR injeta R$ 85 milhões no caixa das prefeituras e pode salvar o13º salário de boa parte dos servidores

Assomasul considera que repasse apenas ameniza a situação diante da crise atual dos municípios





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb