Mensagem
BelaVistaMS
Geral

11/07/2017 - 16h30

Geral

MEI poderá parcelar débitos a partir do dia 3 de julho

Sebrae

Microempreendedores Individuais terão até 120 meses para pagar boletos em atraso

Brasília - Os Microempreendedores Individuais (MEI) que possuem boletos mensais em aberto, até maio deste ano, poderão parcelar os débitos em até 120 meses a partir do próximo dia 3 de julho. Essa é a primeira vez que esse segmento empresarial poderá pagar os impostos devidos em parcelas. Cada prestação deve ter valor mínimo de R$ 50. O prazo para aderir ao programa de renegociação das dívidas é de 90 dias.

Benefício a micro empreendedores foi publicado no Diário Oficial no dia 16 deste mês
De acordo com o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, 60% dos microempreendedores individuais possuem boletos atrasados. “É sempre preocupante a inadimplência, principalmente diante de um programa de redução da informalidade com valores reduzidos. O maior prejudicado com a falta de pagamento da contribuição mensal é o próprio MEI, por isso nos empenhamos para conseguir junto à Receita Federal esse parcelamento”.

Afif destaca que quem parcelar seus débitos poderá reaver os direitos previdenciários como aposentadoria, auxílio-doença ou licença-maternidade, além de participar de licitações com os governos Federal, estaduais e municipais.

A solicitação de adesão será feita por meio do site da Receita Federal. Para solicitar o parcelamento, o MEI deve apresentar a Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei) relativa aos respectivos períodos de apuração. O valor de cada parcela mensal será acrescido de juros da taxa Selic mais 1%, relativamente ao mês em que o pagamento estiver sendo efetuado.

Desde que foi criado, em julho de 2009, mais de sete milhões de pessoas se formalizaram como MEI. O número de empreendimentos desse porte já superou o número de micro e pequenas empresas, que corresponde a cinco milhões em todo o Brasil. Trabalhadores autônomos, como cabeleireiros, pedreiros, entre outros, que estavam na irregularidade agora possuem um CNPJ e direito a benefícios previdenciários como aposentadoria e licença-maternidade.






Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

Submissão de trabalhos para feiras do IFMS será feita em agosto

O período para inscrições dos trabalhos será de 1º a 31 de agosto.

Começa amanhã (20) a etapa mais completa da InterCorte em Campo Grande (MS)

Evento conta com palestras integradas com oficinas práticas e feira de negócios

Encontro vai abordar como religião pode ajudar em casos de depressão

Apesar dos dados alarmantes, a doença tem cura e o primeiro passo é conversar sobre o assunto

AGRONEGÓCIO

Valinhos sediará 1ª ExpoAgro e 11ª Exposição Nacional das Raças Dorper e White Dorper com muitas novidades

A coligação entre as duas exposições deve agitar o interior paulista.

Brasileiro de Hipismo: MS se destaca e traz título para o Estado

Para o presidente da Federação Sul-Matogrossense de Hipismo, Arnaldo Medeiros, o resultado é fruto de um esforço conjunto da entidade, atletas, treinadores, pais e patrocinadores

Com o tema "Entender para Atender", InterCorte Campo Grande terá dia de campo da Embrapa e palestras integradas com oficinas práticas

Evento, que será na próxima semana, envolve todos os elos da cadeia produtiva da carne bovina

Empreendedoras celebram vitória no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

Festa de premiação da edição estadual aconteceu nesta terça-feira

Iniciação científica do IFMS registra aumento pelo 2º ano seguido

O aumento representa 9,8% de crescimento no total de projetos aprovados

Campanha #MulheresRurais lança concurso para agricultoras brasileiras

O concurso possui duas categorias: Relatos de vida, e experiências de mulheres que vivem e trabalham nas áreas rurais do Brasil





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb