BelaVistaMS
Política

12/06/2017 - 15h26

Política

Vereadores convidam secretário de Administração e Finanças para avaliação dos trabalhos da prefeitura no município

Thiago Gonçalves

A primeira dúvida foi em relação ao transporte escolar no que diz respeito ao cálculo

A Câmara Municipal de Bodoquena através de seu presidente Edinho Carvalho (PR) juntamente com os vereadores Nelson de Paulo (PSDB), Mano Pereira (PMDB), Osmar Ajala (PMDB), Emerson Garrucha (PTdoB) e Carlos Petronilio (PSDB), convida o secretário Municipal de Administração e Finanças Juliardson de Castro Couto para reunião no gabinete da presidência na manhã desta segunda-feira (12/06), afim de elucidar questionamentos em relação ao transporte escolar, licitações e analisar os trabalhos realizados em Bodoquena neste primeiro semestre da nova gestão.

A primeira dúvida foi em relação ao transporte escolar no que diz respeito ao cálculo em que o Executivo norteou para licitar as empresas que prestam este serviço. Conforme Juliardson, a prefeitura usou como base o cálculo feito no ano passado e isso gerou uma diferença em algumas linhas onde constatou a diminuição “da perna”, ou seja, diminuiu o trajeto a ser percorrido pelo ônibus.

“Foi feita aferição em todas as linhas havendo concordâncias entre a prefeitura e alguns empresários conforme a diferença de quilometragem e estamos aguardando resposta dos que ainda não entraram em acordo”, revela o chefe da pasta.

Porém, o secretário assegura que a prefeitura fará de tudo para que os alunos não sejam prejudicados e que os empresários não querem perder a linha do transporte escolar, “eles [os empresários] garantiram que iriam tocar até o final do ano”, disse Juliardson.
Outro assunto bastante comentado na cidade é a questão do envio dos ônibus estragados para sofrerem reparos mecânicos no município de Caracol.

Julio foi categórico ao afirmar que antes de licitar o serviço, esteve em todas as oficinas mecânicas de Bodoquena conversando com os empresários que estavam cientes da seleção e lembra que ganha a disputa quem atende todos os requesitos do edital.

“O que priorizamos em nossa gestão é a qualidade no serviço e preço baixo. Todos os ônibus estragados são assegurados e os mesmos foram de guincho para Campo Grande e Caracol, não foi gasto nem um centavo com gasolina para o transporte destes veículos”, garante o secretário.
Conforme Edinho Carvalho, a reunião teve um balanço positivo e produtivo para esclarecer dúvidas da sociedade e disse que o objetivo de sua gestão é ouvir os dois lados, “nós estamos conversando com as pessoas e todas as reclamações nós levaremos ao Executivo por intermédio de seus secretários”, pontua.

Destacou ainda que todos os vereadores tiveram a oportunidade de questionar e tirar suas dúvidas, “o secretário apresentou documentos explicando a forma com que cada licitação foi feita, e é desta forma que queremos trabalhar e continuar com esta parceria”, disse Edinho.
Juliardson se prontificou de enviar à Câmara de Bodoquena outros documentos juntamente com os editais de licitação para os vereadores analisarem com maior detalhamento e assim, responderem com segurança a todos os questionamentos dos munícipes.

A Câmara têm convocado os chefes das pastas municipais para haver entendimento entre os poderes Executivo e Legislativo através de debates com os parlamentares em torno das ações da prefeitura bem como discutir os projetos futuros para Bodoquena. O próximo a ser convidado para reunião na Casa de Leis será o secretário de Obras e Infraestrutura Jair Beltramelo Ferracini.






Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

TSE recua e decide reduzir de 26 para 11 número de extinções de zonas eleitorais

Com o recuo do TSE, as zonas eleitorais extintas serão Porto Murtinho, Pedro Gomes, Rio Negro, Deodápolis, Inocência, Nioaque

Na primeira reunião CPI aprova requerimento que solicita TAREs e notas fiscais à Sefaz

À JBS a CPI solicitou cópias dos termos de concessão de benefícios fiscais firmados com o governo do Estado

MS mantém saldo positivo de 4 mil empregos gerados de janeiro a maio de 2017

O saldo positivo no acumulado do ano no Estado, no entanto, volta a sofrer o impacto da crise econômica do país

Costa Rica: vereadores se reúnem com o prefeito Waldeli e discutem recepção do governador de MS

O prefeito Waldeli foi quem solicitou ao presidente da Câmara, Lucas Lázaro Gerolomo, a realização de uma reunião com todos os 11 vereadores.

Governo assume compromisso de redução do ICMS do boi em pé de 12% para 7% durante 90 dias

Para tomar a decisão de diminuir momentaneamente a alíquota do ICMS das exportações de gado em pé

Contratos de aquisição de terras são entregues a 58 famílias no MS

A fazenda foi adquirida por 29 famílias de agricultores familiares da Associação Novo Modelo I

Mesa diretora da Câmara foca na capacitação de servidores

Através de curso para habilitação no sistema E-Protocolo

Caravina considera discrepante critério de extinção de zonas eleitorais em MS

O presidente da Assomasul alega que haverá acúmulo de demandas nas zonas

Vereadores convidam secretário de Administração e Finanças para avaliação dos trabalhos da prefeitura no município

A primeira dúvida foi em relação ao transporte escolar no que diz respeito ao cálculo





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb