BelaVistaMS
Política

12/06/2017 - 14h43

Política

Programa de Gestão de Resíduos Sólidos do TCE-MS será apresentado em Fórum Internacional

Tania Sother

A oitava edição do FIRS dará continuidade às discussões sobre o tema iniciadas nas edições anteriores

O trabalho foi selecionado por meio de uma chamada pública para participação no 8° Fórum Internacional de Resíduos Sólidos realizado em Curitiba (PR) de 12 a 14 de junho. O Programa de Aprimoramento da Gestão de Resíduos Sólidos do TCE-MS é uma iniciativa inédita entre os Tribunais de Contas do País. O responsável pela apresentação do trabalho será o engenheiro ambiental do Tribunal, Fernando Silva Bernardes.

O Fórum Internacional de Resíduos Sólidos (FIRS) é o evento técnico e científico mais importante do Brasil  sobre o tema , apresentando uma visão ampla do assunto que abrange desde estudos acadêmicos até a visão governamental e empresarial, com o propósito de difundir e aprofundar conhecimentos que abordem as causas da existência dos resíduos sólidos, provocando uma reflexão, que leve a uma consciência das suas consequências para a relação sociedade-natureza, histórica e socialmente construída.

A oitava edição do FIRS dará continuidade às discussões sobre o tema iniciadas nas edições anteriores, para difundir e aprofundar conhecimentos sobre resíduos sólidos e para atender a uma demanda das políticas públicas, dos geradores de resíduos, da indústria, da cadeia de gerenciamento de resíduos e dos centros de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias ambientais.

O convite para a apresentação da metodologia de trabalho aplicada no Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul é reflexo do sucesso da gestão de resíduos sólidos que vem avançando muito no Estado. O engenheiro ambiental do TCE-MS, Fernando da Silva Bernardes, explica que “o trabalho a ser apresentado advém da ação articulada da atual gestão do Tribunal de Contas, presidida pelo conselheiro Waldir Neves. O banner que será exposto demonstra em estudo de caso, os resultados da falta de planejamento em investimentos na área de resíduos sólidos e traz uma proposta inovadora para criação de aterros sanitários consorciados e novos modelos de gestão que proporcionarão viabilidade técnica, econômica e ambiental para o sistema de disposição final de resíduos sólidos.”

O Programa de Aprimoramento da Gestão de Resíduos Sólidos dos Jurisdicionados do TCE-MS, foi idealizado e desenvolvido com o propósito de verificar a atual situação da gestão operacional dos serviços relacionados aos resíduos sólidos e quantificar valores cobrados para tais serviços, criando uma base de referência de custos. O resultado foi reunido em um livro com a “radiografia” da situação.

O levantamento feito pelo do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul revelou que em Mato Grosso do Sul, os resíduos sólidos totalizam 1,7 toneladas a cada dia e, tão grande quanto esse volume, é a maneira preocupante como as cidades descartam o lixo: 80% lançam tudo a céu aberto provocando risco à saúde pública e impacto ao meio ambiente.

O Fórum Internacional de Resíduos Sólidos é realizado desde 2007 e passou a ter periodicidade anual em 2013, onde nos anos pares é realizado em seu estado de origem, Rio Grande do Sul, e nos anos ímpares é itinerante. Organizado pelo Instituto Venturi Para Estudos Ambientais, o Fórum vem atraindo cada vez mais instituições, formando uma rede de conhecimentos na área.





Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

TCE abre inscrições para curso direcionado aos profissionais do SUS

Direcionado aos profissionais atuantes da rede do Sistema Único de Saúde, prioritariamente aos vinculados ao Conselho Estadual e Municipal de Saúde, o objetivo do curso é capacitar conselheiros da saúde

Projeto E-EXTRATOR do TCE-MS é destaque em Congresso Nacional de Tribunais de Contas

Para o presidente do TCE-MS, conselheiro Waldir Neves, a participação nesse Congresso é muito importante para a troca de informações e conhecimento.

Governo cede a pressão, mas reduz pela metade socorro financeiro aos municípios

O montante de R$ 2 bi, no entanto, é inferior ao calculado pela CNM, que previa, por exemplo, repasse de R$ 58,720 milhões para MS.

Prefeitos definem estratégia de atuação durante mobilização em Brasília

A ideia é pressionar o governo central a liberar verbas adicionais às prefeituras brasileiras

Assomasul pode apoio à bancada federal para aprovação da pauta municipalista

Incluindo a fraca distribuição das transferências constitucionais, como o FPM, os prefeitos se queixam que a União não está honrando seus compromissos com os programas sociais

Paulo Corrêa entrega relatório da CPI da JBS ao presidente Junior Mochi

A suspensão também foi um pedido da CPI após a conclusão dos trabalhos e ficará mantida até que a Sefaz conclua a auditoria interna

Executivo e Legislativo discutem processos de melhoria

E para concretizar esse estreitamento de relação entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Consultoria Legislativa (Conleg/Segov) e Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJR)

Solidariedade Mulher reúne militantes em Campo Grande

Martins disse esperar que o SD seja realmente um partido diferente também em relação a luta feminina

Por verbas adicionais, prefeitos vão a Brasília em nova mobilização nacional

Pelos cálculos da CNM, as 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul terão direito a R$ 58,720 milhões





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb