BelaVistaMS
Política

12/06/2017 - 14h31

Política

Ministro assina cessão de áreas para a produção de tilápias em MS

Assessoria de Imprensa

Além do aumento da produção de peixes, que contribuirá para ampliar os números da exportação brasileira,

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, assinou nesta quinta-feira (8) um termo de cessão por 20 anos de cinco áreas aquíferas, localizadas em dois municípios do Mato Grosso do Sul, Selvíria e Aparecida do Taboado, para que empresas desenvolvam a produção de tilápia.

A assinatura foi acompanhada pelos senadores Waldemir Moka e Simone Tebet, ambos do PMDB, e pelos deputados federais Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Geraldo Resende (PSDB).
A estimativa é de que as cinco novas unidades de piscicultura produzirão 112 mil toneladas de tilápia por ano, o que corresponde a cerca de 20% do total da produção da aquicultura brasileira (incluindo peixes, crustáceos e mariscos), que é de 574 mil toneladas ano, segundo dados do IBGE.

Além do aumento da produção de peixes, que contribuirá para ampliar os números da exportação brasileira, a cessão das cinco áreas deve gerar 3.400 empregos diretos na região e faturamento anual de R$ 425 milhões.

O ministro salientou a importância desses números para a região e disse que “esse não é um projeto apenas para o estado do Mato Grosso do Sul, mas um projeto para o Brasil”. Ele acredita que o país tem um potencial muito grande para explorar em relação à piscicultura e que a cessão de áreas representa apenas um passo do que tem que ser feito para que o Brasil aumente a participação junto ao mercado mundial de pescados.

Para Moka, a produção em larga escala em Selvíria e Aparecida do Taboado vai beneficiar toda a região. “É uma grande notícia. O empreendimento vai gerar muitos empregos, que geram dinheiro, o comércio vende mais e por isso pode contratar mais. E isso vai mexer com a economia dos municípios locais”, afirmou o senador.

A senadora Simone Tebet destacou a iniciativa do Ministério da Agricultura e aposta na redenção dos municípios a ser beneficiados pela produção de peixes.

De acordo com dados da Secretaria de Aquicultura e Pesca, nos últimos anos, mais de 3.700 áreas foram cedidas e estão aptas a produzirem cerca de 480 mil toneladas de pescados ano. Há mais 2.400 áreas que já foram solicitadas para uso da piscicultura com capacidade para produzir mais 6 milhões de toneladas ano de pescados, com potencial para gerar mais de 200 mil empregos diretos e R$ 30 bilhões de faturamento.





Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

Juiz Odilon de Oliveira deve ministrar palestra em Costa Rica, após receber convite do presidente da Câmara

A Semana Municipal de Combate às Drogas é um evento promovido pelo Conselho Municipal

CPI solicita versão do Governador sobre denúncias da JBS e conclui relatório em 30 dias

Citado na delação dos donos da JBS, o deputado Zé Teixeira negou aos membros da CPI ter recebido propina

Serviço social não pode ser excluído do INSS

Milhões de brasileiros são atendidos por esses profissionais que entendem a realidade do nosso país

Vereador Francisco tem planos para revitalizar o PSB

Além da firme disposição de trabalhar pela eleição do nome a ser oficializado como candidato a governador

CPIs que investigam JBS em MS e no Congresso vão assinar termo de cooperação

A reunião aconteceu na sala de reuniões da Presidência, na Assembleia Legislativa.

Nova denúncia contra Temer e áreas de livre comércio na fronteira são os destaques

Organização criminosa e obstrução da Justiça são crimes graves e suficientes para afastar Temer da Presidência

Vereador Francisco se diz confiante no futuro do país

Filiado há 10 anos, o líder da bancada do PSB na Câmara Municipal se considera um soldado

Sefaz aponta que 41 municípios terão índice menor do ICMS em 2018

Resolução da Secretaria de Fazenda sobre índice definitivo do imposto foi publicada no DOE nesta segunda-feira (18). Bela Vista, Antonio João, Guia Lopes e Porto Murtinho terão aumento no ICMS.

TCE-MS capacita gestores públicos sobre recursos humanos

O objetivo é capacitar agentes públicos sobre as regras constitucionais que regem a gestão de recursos humanos na Administração Municipal

Assomasul destaca importância de encontro da Undime em Campo Grande

De acordo com a direção da Undime, o objetivo é proporcionar ao dirigente municipal de educação





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb