BelaVistaMS
Política

12/06/2017 - 14h31

Política

Ministro assina cessão de áreas para a produção de tilápias em MS

Assessoria de Imprensa

Além do aumento da produção de peixes, que contribuirá para ampliar os números da exportação brasileira,

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, assinou nesta quinta-feira (8) um termo de cessão por 20 anos de cinco áreas aquíferas, localizadas em dois municípios do Mato Grosso do Sul, Selvíria e Aparecida do Taboado, para que empresas desenvolvam a produção de tilápia.

A assinatura foi acompanhada pelos senadores Waldemir Moka e Simone Tebet, ambos do PMDB, e pelos deputados federais Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Geraldo Resende (PSDB).
A estimativa é de que as cinco novas unidades de piscicultura produzirão 112 mil toneladas de tilápia por ano, o que corresponde a cerca de 20% do total da produção da aquicultura brasileira (incluindo peixes, crustáceos e mariscos), que é de 574 mil toneladas ano, segundo dados do IBGE.

Além do aumento da produção de peixes, que contribuirá para ampliar os números da exportação brasileira, a cessão das cinco áreas deve gerar 3.400 empregos diretos na região e faturamento anual de R$ 425 milhões.

O ministro salientou a importância desses números para a região e disse que “esse não é um projeto apenas para o estado do Mato Grosso do Sul, mas um projeto para o Brasil”. Ele acredita que o país tem um potencial muito grande para explorar em relação à piscicultura e que a cessão de áreas representa apenas um passo do que tem que ser feito para que o Brasil aumente a participação junto ao mercado mundial de pescados.

Para Moka, a produção em larga escala em Selvíria e Aparecida do Taboado vai beneficiar toda a região. “É uma grande notícia. O empreendimento vai gerar muitos empregos, que geram dinheiro, o comércio vende mais e por isso pode contratar mais. E isso vai mexer com a economia dos municípios locais”, afirmou o senador.

A senadora Simone Tebet destacou a iniciativa do Ministério da Agricultura e aposta na redenção dos municípios a ser beneficiados pela produção de peixes.

De acordo com dados da Secretaria de Aquicultura e Pesca, nos últimos anos, mais de 3.700 áreas foram cedidas e estão aptas a produzirem cerca de 480 mil toneladas de pescados ano. Há mais 2.400 áreas que já foram solicitadas para uso da piscicultura com capacidade para produzir mais 6 milhões de toneladas ano de pescados, com potencial para gerar mais de 200 mil empregos diretos e R$ 30 bilhões de faturamento.





Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

TCE abre inscrições para curso direcionado aos profissionais do SUS

Direcionado aos profissionais atuantes da rede do Sistema Único de Saúde, prioritariamente aos vinculados ao Conselho Estadual e Municipal de Saúde, o objetivo do curso é capacitar conselheiros da saúde

Projeto E-EXTRATOR do TCE-MS é destaque em Congresso Nacional de Tribunais de Contas

Para o presidente do TCE-MS, conselheiro Waldir Neves, a participação nesse Congresso é muito importante para a troca de informações e conhecimento.

Governo cede a pressão, mas reduz pela metade socorro financeiro aos municípios

O montante de R$ 2 bi, no entanto, é inferior ao calculado pela CNM, que previa, por exemplo, repasse de R$ 58,720 milhões para MS.

Prefeitos definem estratégia de atuação durante mobilização em Brasília

A ideia é pressionar o governo central a liberar verbas adicionais às prefeituras brasileiras

Assomasul pode apoio à bancada federal para aprovação da pauta municipalista

Incluindo a fraca distribuição das transferências constitucionais, como o FPM, os prefeitos se queixam que a União não está honrando seus compromissos com os programas sociais

Paulo Corrêa entrega relatório da CPI da JBS ao presidente Junior Mochi

A suspensão também foi um pedido da CPI após a conclusão dos trabalhos e ficará mantida até que a Sefaz conclua a auditoria interna

Executivo e Legislativo discutem processos de melhoria

E para concretizar esse estreitamento de relação entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Consultoria Legislativa (Conleg/Segov) e Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJR)

Solidariedade Mulher reúne militantes em Campo Grande

Martins disse esperar que o SD seja realmente um partido diferente também em relação a luta feminina

Por verbas adicionais, prefeitos vão a Brasília em nova mobilização nacional

Pelos cálculos da CNM, as 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul terão direito a R$ 58,720 milhões





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb