BelaVistaMS
Guia Lopes da Laguna

16/05/2017 - 13h03

Guia Lopes da Laguna

Guia Lopes realiza campanha ao Combate ao abuso

João Carlos Velasquez

A campanha é sobre o Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data instituída como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil, dia 18 de maio, e está sendo realizada nas escolas do município com palestras, vídeos, e dinâmicas de grupo e estará ocorrendo toda esta semana.

18 de maio, uma data para não ser esquecida.

Esta é a história de um crime bárbaro, ocorrido em 1973, crime que chocou o Brasil. Seu desfecho escandaloso seria um símbolo de toda a violência que se comete contra as crianças. Com apenas oito anos de idade, Araceli Cabrera Sanches foi sequestrada em 18 de maio de 1973.

Ela foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba.

O caso foi tomando espaço na mídia. Mesmo com o trágico aparecimento de seu corpo, desfigurado por ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória (ES), poucos foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio da sociedade capixaba acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.

Os acusados, Paulo Helal e Dante de Brito Michelini, eram conhecidos na cidade pelas festas que promoviam em seus apartamentos e em um lugar, na praia de Canto, chamado Jardim dos Anjos. Também era conhecida a atração que nutriam por drogar e violentar meninas durante as festas. Paulo e Dantinho, como eram mais conhecidos, lideravam um grupo de viciados que costumava percorrer os colégios da cidade em busca de novas vítimas.

A capital do estado era uma cidade marcada pela impunidade e pela corrupção. Ao contrário do que se esperava, a família da menina silenciou diante do crime. Sua mãe foi acusada de fornecer a droga para pessoas influentes da região, inclusive para os próprios assassinos.

Apesar da cobertura da mídia e do especial empenho de alguns jornalistas, o caso ficou impune. Araceli só foi sepultada três anos depois. Sua morte ainda causa indignação e revolta.

Como surgiu o movimento

O dia 18 de maio foi instituído em 1998, quando cerca de 80 entidades públicas e privadas, reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat no Brasil. O evento foi organizado pelo Centro de Defesa de Crianças e Adolescentes (CEDECA/BA), representante oficial do Ecpat, organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais, surgida na Tailândia.

O encontro reuniu entidades de todo o país. Foi nessa oportunidade que surgiu a ideia de criação de um Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil.

De autoria da então deputada federal Rita Camata (PMDB/ES) - presidente da Frente Parlamentar pela Criança e Adolescente do Congresso Nacional -, o projeto foi sancionado em maio de 2000. Desde então, a sociedade civil em Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes promovem atividades em todo o país para conscientizar a sociedade e as autoridades sobre a gravidade da violência sexual.

Hoje a palestra de conscientização aconteceu na Escola Estadual Salomé de Melo Rocha e foi dada pelo CREAS, CRAS e Conselho Tutelar da prefeitura de Guia Lopes da Laguna, que além de vídeos demonstrando que esse tipo de crime não pode ficar impune e nem calar-se diante dele e ensinaram os caminhos em que se deve ser feitas as denúncias dessa natureza, seja através dos pais, dos professores, conselhos Tutelares e do disque 100, ligação diretamente à Brasília e posteriormente repassada aos municípios.

A psicóloga do CREAS, Daniely Lopes, destacou que todas os jovens e adolescentes devem denunciar qualquer ato dessa natureza que souberem e que essas denúncias poderão ser feitas através dos professores, Creas, Cras e do Conselho Tutelar, ou mesmo das entidades ligadas a esse fato e que eles não precisam ser identificados, pois é garantido o anonimato de quem a denúncia.

“A responsabilidade é da sociedade brasileira, é de todos nós, o dever de garantir os direitos de todas as pessoas que tenham sofridos esse abuso e o primeiro passo é perder o medo da ameaça do violador e esse medo iremos combater com a informação e esclarecimento dos fatos.

Para alcançar esse objetivo, é necessário que a sociedade em geral faça a sua parte na proteção de nossas crianças e adolescentes”, ressaltou Daniely.

Participaram professores e alunos da E.E. Salomé de Melo Rocha, a Assistente Social Érica Duarte, Coordenadora do CREAS Márcia Bogarim, Advogado do CREAS Iber Xavier e a Psicóloga Daniely Lopes.


Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

Prefeitura de Guia Lopes da Laguna, paralisa o transporte

A paralisação de transportes escolares e outros setores, em razão da falta de combustíveis e consequentemente o desabastecimento de mercadorias e produtos essenciais para o bom andamento da administração pública.

Greve dos Caminhoneiros em Guia Lopes da Laguna

No local a PRF está presente e acompanhando o movimento pacifico dos caminhoneiros, assim garantindo a segurança de todos.

Guia Lopes realiza campanha ao Combate ao abuso

A campanha é sobre o Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data instituída como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil, dia 18 de maio, e está sendo realizada nas escolas do município com palestras, vídeos, e dinâmicas de grupo e estará ocorrendo toda esta semana.

Conviver de Guia Lopes comemora dia das Mães

As festividades a cada comemoração passam a ficado melhor. E isso nós atribuímos aos integrantes do projeto que não tem medido esforços para participar, a nossa equipe de apoio que tem dado o seu melhor

Jair Scapini participa do desfile cívico em Jardim

Guia Lopes da Laguna esteve presente, através do prefeito e da Banda Marcial da Escola Estadual Alziro Lopes, que abrilhantou o desfile.

Jair Scapini dá continuidade na prestação de contas do início de seu mandato

"Nosso pensamento está voltado ao progresso e desenvolvimento da sociedade como um todo e as ações irão de encontro com os anseios de nossa comunidade é para isso que fomos eleitos", frisou o prefeito Jair Scapini

"Algo temos feito, muito mais ainda há de se fazer, portanto é necessário prestar contas a nossa população pois, a elas devemos satisfação de nosso trabalho, do que está sendo feito, o que deveremos fazer ao longo dos quatro anos de nosso mandato"

Jair Scapini presta contas de seu mandato

Estaremos, a partir desta edição, publicando a prestação de contas do prefeito Jair Scapini, dos 140 dias de administração.

PRESTAÇÕES DE CONTAS

Carreta da Justiça atendeu moradores em Guia Lopes da Laguna

O prefeito Jair Scapini, ainda prestando contas a população, fala do atendimento da Carreta da Justiça em Guia Lopes da Laguna

140 DIAS DE ADMINISTRAÇÃO

Aberta a Feira para comercialização da Agricultura Familiar

O canal de comercialização direta entre agricultores e consumidores, a feira é uma das formas mais antigas de mercado livre de produtos agrícolas

Copa do Interior 2017 será neste final de semana em Jardim

Os jogadores que estarão participando realizaram um último treino na tarde desta sexta-feira sob o comando do técnico de futsal Zé Obregon.





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb