BelaVistaMS
Geral

20/04/2017 - 19h14

Geral

Carreta da Justiça chega à Bodoquena com saldo positivo e casais aproveitam para oficializar a união

Thiago Gonçalves Santos DRT n°723/MS

A dona de casa Josiele Gomes dos Santos, 21, conta que há oito anos vive com Antônio Gonçalves Coutinho e juntos tiveram dois filhos

Para os moradores de Bodoquena que estão com pendências judiciais e queiram resolver a situação de forma rápida e sem custos, principalmente os casais que vivem juntos e desejam oficializar a união através do casamento, a Carreta da Justiça chega ao município nesta segunda-feira (17/04) e pretende resolver estas demandas, além de apreciar e julgar ações de natureza civil e criminal.

Entre os serviços oferecidos pela justiça itinerante estão ação de alimentos, conversão de separação, divórcio, execução e exoneração de alimentos, cobranças, reconhecimento de paternidade, guarda e modificação de guarda, reconhecimento de união estável, reconhecimento e dissolução, entre outras.

Conforme a chefe de cartório Renata Queiroz Alves Nakamura, a demanda é intensa. Somente na defensoria pública foram agendados 20 atendimentos e já não tem vaga desde o primeiro dia.

“Ontem nós realizamos oito casamentos e para esta terça-feira, a previsão é de vinte acordos. A maioria casamento, acordo de pensão, pagamento de dívidas e cobranças. O forte mesmo é conversão de união estável em casamento”, afirma Renata Queiroz.

A dona de casa Josiele Gomes dos Santos, 21, conta que há oito anos vive com Antônio Gonçalves Coutinho e juntos tiveram dois filhos durante a união, agora vão oficializar o casamento na Carreta da Justiça, “o amor ficou mais forte, no momento a gente não queria, daí veio à convivência e decidimos oficializar. É muito importante este serviço, pois tem muita gente que espera o momento da chegada da carreta pra resolver, tem muita dificuldade para mexer com estas coisas, daí é uma ajuda”, comemora.

Após a oficialização do acordo, as partes deverão retirar a certidão de casamento ou divórcio averbada em torno de 40 dias no Cartório de

Bodoquena.

Em média, a circulação diária de pessoas procurando os serviços da Carreta da Justiça é em torno de 50 a 120 pessoas, cada conversão envolve no mínimo quatro pessoas, que é o casal e duas testemunhas.

“A correria está grande e nós vamos dar bastante trabalho para o cartório extrajudicial que vai depois fazer a certidão de casamento destes casais”, revela a chefe de cartório.

O veículo está parado em frente ao auditório Mário Brother no Memorial Serra da Bodoquena, localizado na Avenida Manoel Rodrigues de Oliveira e os atendimentos no município vão até quinta-feira (20/04), véspera de feriado, a partir das 7h30 com a distribuição de senhas para os serviços.

Ao todo, a equipe fixa envolvida na Vara da Justiça Itinerante do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul conta com apoio de seis profissionais, sendo eles o magistrado Luiz Felipe Medeiros Vieira, uma conciliadora, um assessor jurídico e três analistas do cartório. Já a equipe volante é composta por um motorista da carreta, um motorista da van que traz os equipamentos, além da segurança do juiz e da carreta feita por três policiais militares.

O Tribunal de Justiça oferece a estrutura de servidores e estrutura física da carreta. Já a estrutura elétrica, internet e divulgação e quem oferece é o município, “esse trabalho só é possível com parceria da prefeitura, Câmara Municipal e Tribunal de Justiça; sem esta parceria não tem como trabalhar, envolve muitas pessoas para poder prestar o serviço e trazer o judiciário até a população”, diz Renata Queiroz.

A partir do dia 24, a carreta segue para Caracol e pretende alcançar as 25 comarcas do Estado que não possuem fórum instalado nos municípios.

O serviço itinerante já percorreu as comarcas de Rochedo, Corguinho, Taquarussu, Antônio João, Guia Lopes da Laguna e Aral Moreira.


Galeria Galeria de Imagens






Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

IFMS recebe inscrição para professor substituto em Campo Grande e Jardim

Para participar, o candidato não pode, entre outras coisas, ser docente vinculado à Lei nº 7.596/87

Santa Casa realiza cirurgia menos invasiva em tratamento de aneurisma cerebral

De acordo com o médico responsável pelo procedimento, Dr. Felipe Guardini, apenas 15% das pessoas que tem um aneurisma roto consegue retornar às atividades normais

Comunicação Alternativa facilita contato com pacientes

A enfermeira da equipe multiprofissional de terapia nutricional, Carla Dalponte, afirma que a placa veio para facilitar e melhorar o atendimento

Jovem campo-grandense lança livro de poesia nesta quinta-feira (24)

Com poemas que falam sobre sentimentos, obra é incentivo para quem também deseja se aventurar na literatura

Sidrolândia, Juti e Sete Quedas avançam na Copa Assomasul

Com esse resultado, o time de Iguatemi deu adeus à competição, pois já tinha perdido uma partida.

IFMS prorroga inscrições em Feiras de Ciência para setembro

Cada trabalho deve ter um orientador e, no máximo, três estudantes

Solenidade comemora 100 anos de Santa Casa com homenagens

A história das Santas Casas de Misericórdia vem de um ideal de voluntariado nascido por volta do ano de 1481

Estudante do IFMS é selecionado para o Parlamento Jovem Brasileiro

No total, 78 alunos foram selecionados para a jornada.

Leilão da SEFAZ/MS movimenta a semana com produtos em embalagens originais

Exclusivamente online, pregão tem lotes de roupas, de informática e até imagens de santos





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb