BelaVistaMS
Política

20/04/2017 - 16h17

Política

Caravina reafirma necessidade de parcerias públicas em favor do desenvolvimento dos municípios de MS

Willams Araújo De Campo Grande

O presidente da Assomasul também agradeceu o apoio da Assembleia Legislativa que, entre outras propostas de interesse dos municípios, aprovou no dia 9 de março

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina (PSDB), recebeu o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), na manhã desta quinta-feira (20), na sede na entidade, em Campo Grande, com quem participou do ato de assinatura de convênios na presença de cerca de 50 prefeitos e autoridades estaduais.

Reinaldo foi à sede da entidade, assinar com os prefeitos convênios para manutenção do transporte escolar reajustado em 16,96% e firmar parceria com o Siconv (Sistema de Convênios), além de oficializar a doação da área na qual a Assomasul funciona há 30 anos.

Em discurso de agradecimento, Caravina reafirmou a necessidade de parcerias públicas em favor do desenvolvimento dos municípios de Mato Grosso do Sul.

Ele disse que em nome da Assomasul, os 79 municípios do Estado estão sendo vistos com outros olhos por quem, segundo ele, conhece muito bem as reivindicações da entidade, por ter sido seu presidente, e porque já sentiu na pele as dificuldades do dia a dia de um prefeito quando administrou a cidade de Maracaju por oito anos.  

“Gostaríamos de agradecer a sensibilidade do governador Reinaldo Azambuja que, mesmo nesse momento de crise enfrentada também pelos estados, não mediu esforços para ajudar os nossos municípios”, enfatizou o presidente da Assomasul.

O decreto nº 14.715, de 5 de abril de 2017, que autoriza o reajuste do convênio para manutenção do transporte escolar, foi publicado na edição do dia 6 do Diário Oficial do Estado, o que garantirá o acesso a mais de 20 mil alunos das redes estadual e municipais de ensino pelos ônibus e vans bancados pelas prefeituras.

Atualmente, os valores praticados são de R$ 183,67 mensais por aluno nas linhas puras (somente estudantes da Rede Estadual) e R$ 102,57 mensais por aluno nas linha mistas (alunos do Estado e município). Com o novo valor do repasse, as linhas puras passam a R$ 214,82 por aluno e as mistas para R$ 119,96.

Sobre o Siconv, Caravina adiantou que, em parceria com os governos federal e estadual, a Assomasul dará início na próxima terça-feira (25), na cidade de Paranaíba, a cursos de capacitação do sistema visando o uso dessa ferramenta importante para a gestão pública.

Caravina defendeu ainda novos modelos de gestões compartilhadas e exaltou a necessidade da criação dos consórcios públicos como forma de incrementar a receita dos municípios.

O presidente da Assomasul também agradeceu o apoio da Assembleia Legislativa que, entre outras propostas de interesse dos municípios, aprovou no dia 9 de março o projeto do Executivo que oficializou a área onde funciona a entidade.

Ainda sobre importantes parcerias, o dirigente fez menção ao apoio da bancada federal, representada no ato pelo senador Pedro Chaves (PSC-MS), que, segundo ele, não tem medido esforços no sentido de ajudar os prefeitos, quer por meio da indicação de emendas parlamentares e de outras ações importantes.

Marcha à Brasília

Caravina aproveitou a oportunidade para reforçar o convite para a XX Marcha à Brasília em Defesa dos Municípios que ocorrerá de 15 a 18 de maio, durante a qual prefeitos de todo o país vão se mobilizar em favor da pauta municipalista.

Galeria Galeria de Imagens






Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

TCE abre inscrições para curso direcionado aos profissionais do SUS

Direcionado aos profissionais atuantes da rede do Sistema Único de Saúde, prioritariamente aos vinculados ao Conselho Estadual e Municipal de Saúde, o objetivo do curso é capacitar conselheiros da saúde

Projeto E-EXTRATOR do TCE-MS é destaque em Congresso Nacional de Tribunais de Contas

Para o presidente do TCE-MS, conselheiro Waldir Neves, a participação nesse Congresso é muito importante para a troca de informações e conhecimento.

Governo cede a pressão, mas reduz pela metade socorro financeiro aos municípios

O montante de R$ 2 bi, no entanto, é inferior ao calculado pela CNM, que previa, por exemplo, repasse de R$ 58,720 milhões para MS.

Prefeitos definem estratégia de atuação durante mobilização em Brasília

A ideia é pressionar o governo central a liberar verbas adicionais às prefeituras brasileiras

Assomasul pode apoio à bancada federal para aprovação da pauta municipalista

Incluindo a fraca distribuição das transferências constitucionais, como o FPM, os prefeitos se queixam que a União não está honrando seus compromissos com os programas sociais

Paulo Corrêa entrega relatório da CPI da JBS ao presidente Junior Mochi

A suspensão também foi um pedido da CPI após a conclusão dos trabalhos e ficará mantida até que a Sefaz conclua a auditoria interna

Executivo e Legislativo discutem processos de melhoria

E para concretizar esse estreitamento de relação entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Consultoria Legislativa (Conleg/Segov) e Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJR)

Solidariedade Mulher reúne militantes em Campo Grande

Martins disse esperar que o SD seja realmente um partido diferente também em relação a luta feminina

Por verbas adicionais, prefeitos vão a Brasília em nova mobilização nacional

Pelos cálculos da CNM, as 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul terão direito a R$ 58,720 milhões





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb