BelaVistaMS
Polícia

08/01/2016 - 14h51

Polícia

Sinpol-MS pede transferência de presos após tentativa de fuga na DP de Fátima do Sul.

Tamiris Barcellos

Recentemente, a categoria realizou uma mobilização pelo fim da custódia de presos nas delegacias que resultou no acordo com a Coordenadoria das Varas de Execuções Penais que se responsabilizou em retirar, gradualmente, os detentos condenados das delegacias até dezembro de 2018 e prevê o atendimento de emergencial em unidades em situação crítica

A delegacia de Fátima do Sul registrou nesta quinta-feira (07) um caso de tentativa de fuga que foi frustrada graças à ação dos policiais civis lotados na unidade. Durante revista nas celas, os policiais encontraram um buraco na parede acima da pia da cela, coberto com papel e sabão para dificultar a sua localização. O local que tem capacidade para abrigar 24 presos, atualmente custodia 50, sendo 21 provisórios e 29 do semiaberto.

Recentemente, a categoria realizou uma mobilização pelo fim da custódia de presos nas delegacias que resultou no acordo com a Coordenadoria das Varas de Execuções Penais que se responsabilizou em retirar, gradualmente, os detentos condenados das delegacias até dezembro de 2018 e prevê o atendimento de emergencial em unidades em situação crítica.

“Em dezembro, a Covep já recomendou aos Juízes Criminais do Estado que analisem a possibilidade de estabelecimento de regime domiciliar aos presos do regime aberto e semiaberto. Há comarcas que determinaram que os presos assinem as fichas de presença no foro da cidade, como por exemplo Sonora”, explicou o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda.

O Sinpol-MS orienta que os agentes de polícia somente realizem o atendimento básico aos presos se estiverem acompanhados com reforço policial e se houver segurança. “No site do sindicato há disponibilizando uma cartilha com procedimentos que devem ser adotados pelos policiais para garantir sua própria segurança”, declarou Giancarlo.

O Sinpol-MS já solicitou providências, e, emergencialmente, houve a autorização da retirada de alguns presos da delegacia. Na próxima semana, diretores do sindicato irão à delegacia de Fátima do Sul e Miranda para verificar a situação de cada unidade.






Comentários Comente a notícia


Leia maisMais notícias

PRF divulga principais causas de acidentes nas rodovias federais do Mato Grosso do Sul

Causas presumíveis são aquelas que o policial determina, após observar os vestígios, indícios e provas colhidas no local do acidente

Caravina anuncia isenção de taxa e quer os 79 municípios na próxima Copa Assomasul

O prefeito anfitrião, Paulo César Silveira (Paulo Tucura), fez referência a crise que assola os municípios

SEGURANÇA ALIMENTAR

Segurança alimentar em MS terá R$ 955 mil para pesquisa com indígenas e atualização de plano

Atualmente a Caisan/MS é composta por membros da Sedhast, Secretaria de Estado de Educação, Secretaria de Estado de Governo, Secretaria de Estado de Saúde e Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Jovens de MS serão amparados pelo Núcleo de Promoção e Defesa da Defensoria Pública

Na oportunidade foi pactuado que a Defensoria Pública promoverá a alteração da resolução que criou o Nudeca, de modo a garantir a inclusão da juventude entre as competências do órgão

Sinpol-MS pede transferência de presos após tentativa de fuga na DP de Fátima do Sul.

Recentemente, a categoria realizou uma mobilização pelo fim da custódia de presos nas delegacias que resultou no acordo com a Coordenadoria das Varas de Execuções Penais que se responsabilizou em retirar, gradualmente, os detentos condenados das delegacias até dezembro de 2018 e prevê o atendimento de emergencial em unidades em situação crítica

Ministério Público liga propina à Odebrecht; Moro prolonga prisões

Os documentos embasaram a decisão do juiz Sergio Moro, responsável pelas ações da Lava Jato, que decretou nesta sexta-feira (24) nova prisão preventiva dos executivos do grupo, entre eles seu presidente, Marcelo Odebrecht.

PF faz buscas em imóveis de Collor, ex-ministros e presidente nacional do PP

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em imóveis ligados a eles, como nas residências de Collor em Brasília e em Alagoas.





contato@belavistams.com.br
© 2011 - João Carlos Velasquez - Todos os direitos reservados

Webmail | Desenvolvido por JPWeb